22 dezembro 2013

"Esqueça.

Percebo a minha volta, o quanto vejo pessoas deprimidas, pessoas com magoas nos olhos e com a cabeça perturbada. Podemos perguntar o motivo, mas elas sempre tiram a mesma frase “está tudo bem”, mesmo demonstrando que não está. E eu pensando por um instante penso em possíveis motivos para essas pessoas. A principal causa que me ocorreu em meus pensamentos foi o passado, todos tem um passado, e muitas vezes não conhecemos nem um terço do passado da pessoa mais próxima, e são nessas lembranças que não são compartilhadas que estão as magoas mais profundas, o sentimento que corrói a alma de cada um, mas que os mesmos vão guardar o máximo de tempo possível para si mesmo. Ainda não conheci uma pessoa que fosse livre de sentimentos do passado, mas acho que o maior desejo de alguns é exatamente esse: mudar o passado. Tomar decisões corretas, se distanciar de certas pessoas antes que alguma catástrofe aconteça, dar mais valor a quem realmente merece, viver melhor, fazer o que tinha vontade, chorar menos e sorrir mais. E se cada um pudesse mudar o seu passado, será que esse se sentiria melhor? Pois eu digo que não, porque cada erro, cada momento triste, é usado como conhecimento, algo para que possamos aprender e não fazer mais, algo que com certeza tínhamos que ter vivido para ser a pessoa que somos hoje. Não da mais tempo de mudar o passado, e ainda há pouco tempo pra concertar seu futuro, então é isso: esqueça tudo o que passou, e passe a viver tudo o que você ainda precisa viver."
    -Débora Machado


Nenhum comentário:

Postar um comentário