27 dezembro 2013

"Então.. eu queria poder explicar o que eu sinto, mas não posso, ou melhor, não consigo. Você já sabe que eu te amo, sempre soube. Mas é diferente sabe? Sinto uma vontade imensa de te abraçar, te tocar.. sinto que já fiz isso antes, não sei como, mas é o seu abraço que eu preciso, apenas o seu. É o seu sorriso que eu precisava pra animar meus dias, mas eu não tenho esse sorriso perto de mim. Eu queria acordar com um beijo no rosto e o seu “Bom dia meu amor”, mas nem sei se um dia isso vai acontecer. Quero ouvir você cantando pra mim na calada da noite, sentir você me fazendo cocegas, ou até ouvir você brigar comigo pelo meu péssimo gosto musical. Queria tudo isso de novo, quer dizer, isso nunca aconteceu, mas sinto que já, acho que era apenas na minha imaginação. Você pode imaginar quantas vezes já sonhei com nós dois sentados na areia da praia olhando o mar? Ou quantas vezes você já sorriu pra mim? Inúmeras vezes. Pode ser que essa falta que sinto de você, são das tantas semanas que já não falo com você.. ou seja de momentos que vivemos em vidas passadas, quem sabe? Ou viveremos em uma vida futura, por que não né? Seria que nem naquela música que ultimamente ouço com tanta frequência que já acho que pode ser verdade: “talvez não seja nessa vida ainda, mas você ainda vai ser a minha vida.”
Agora eu me pergunto, o que realmente eu sinto? Se na verdade nem sei como você é, ou o que sente. E ainda te pergunto, será que algum dia vou saber realmente se tudo é como eu imagino?"
 -Débora Machado

foto por: we heart it.

Nenhum comentário:

Postar um comentário